Imunidade x Compostos Bioativos

Quando pensamos em imunidade o que vem na sua cabeça? Para nos fortalecer  nesse momento que estamos passando precisamos ter autocontrole e saber que tudo isso vai passar, mas antes de passar, precisamos nos precaver.
Quem já cuida da alimentação está em vantagem nisso tudo, pois uma alimentação balanceada, rica em nutrientes ajuda nosso corpo a repelir vírus e bactérias de forma mais eficaz.  Você já ouviu da sua avó “Come essa maçã, essa fruta, pois se você ficar com fome você vai estar protegido e evitar ficar doente”?. E é tão maravilhoso, que numa produção orgânica é esse o mesmo princípio usado. Um solo bem nutrido e rico em matéria orgânica , fortalece a planta para passar pelas moléstias de uma forma mais eficiente.
Alimentar-se de plantas, alimentos vivos, sem conservantes é a melhor forma de nos manter-nos nutridos . Pesquisas mostram que se o alimento for orgânico, não só diminui as taxas de pesticidas, como a quantidade de nutrientes aumenta. Produto orgânico possui  alto índice de nutrientes e compostos bioativos muito mais presentes.
Mas o que é composto bioativo? São compostos secundários das plantas, relacionados com seu sistema de defesa contra a ação de radiação ultravioleta ou doenças. Eles desempenham o papel no homem de antioxidante, estimulação do sistema imune, equilibra os níveis hormonais e ainda atua como antibactericida e antiviral.
Todo alimento orgânico é rico em compostos Bioativos, pois não são forçados a crescer, são colhidos em época, na sua melhor “forma”, em sua melhor fase. E o sabor então, é muito mais saboroso, é mais doce, mais suculento. Muitos produtos convencionais recebem uréia e hormônios que forçam um crescimento indevido, deixando os produtos muito grandes e fora da sua fisiologia natural, por isso notamos que o sabor dos alimentos convencionais e orgânicos são diferentes devido aos compostos bioativos.
Planta é um ser vivo, e tudo o que acontece com ela é fruto de uma estrutura de funcionamento. Quanto mais cuidado, mas carinho e mais respeito, mais amor ela nos oferece; simples assim!  Esse é o ciclo da vida, e assim deveria ser em todos os quesitos humanos. E você, qual alimento você escolhe a partir de hoje?

FLORES COMESTÍVEIS E COMPOSTOS ANTIOXIDANTES

É nas pétalas das flores que se encontram os compostos antioxidantes, os minerais e as vitaminas. A cor, manifestada por estes órgãos, justamente se sobressai devido a presence desses micronutrientes.

Quanto maior o teor de compostos fenólicos presentes nas flores comestíveis maior a atividade antioxidante delas. Elas possuem diversos compostos fenólicos (ácido gálico, kaempferol, quercetina, apigenina, ácidos clorogénicos, etc.). Os teores destes compostos variam ao longo da maturação da flor e também ao longo do armazenamento, após a colheita, pelo que também a atividade antioxidante sofre variações.

A cor das flores reflecte, no essencial, os teores e tipos de carotenóides e antocianinas presentes. Os teores destas últimas estão associados aos níveis de flavonóides totais, logo à atividade antioxidante.
E os benefícios? São vários!

Os compostos antioxidantes previnem o envelhecimento precoce por dentro e por fora, desde rugas até doenças cronico degenerativas como mal de Alzheimer, cancer, Parkinson.

A presença de carotenóides está ligada a uma redução do risco de cataratas e degeneração macular, entre outros efeitos benéficos para a saúde.

Os efeitos anti-inflamatório, antimicrobiano e antiviral são outros atributos conhecidos das flores comestíveis, estando relacionados com a presença de flavonóides, mas também de compostos responsáveis pelo seu aroma. Estes últimos incluem diversos terpenos, também presentes nos óleos essenciais extraídos dessas flores. As medicinas alternativas ou complementares usam, desde longa data, óleos extraídos de flores como agentes terapêuticos.

Elas podem ser usadas em saladas, sopas, pratos convencionais e até em chás sem perder sua capacidade antioxidante.

Devido às suas propriedades nutricionais e quimioprotetoras, as flores comestíveis podem ser classificadas como nutracêuticos e utilizadas frequentemente na alimentação humana.

 

logo nutri

 

Produção Consciente

Na Fazenda Maria cuidamos de cada plantinha com muito carinho, respeitando o espaço e o tempo da natureza. Utilizamos a cadeia alimentar e meios não artificiais para eliminarmos pragas e doenças. Os nutrientes fundamentais para o desenvolvimento de uma planta estão todos disponíveis na natureza, basta aprendermos a transformá-los e torná-los disponíveis para elas. Tal sabedoria dispensa a compra de inúmeros insumos disponíveis no mercado.

Por exemplo, em uma infestação por lesmas existem algumas opções de biocontrole. Vou compartilhar com vocês a que demonstra mais resultado aqui para nós.

Divida um chuchu (elas amam esse legume!) em quatro partes e salpique sal em cada uma delas. No final do dia coloque estes pedaços em pontos estratégicos da sua horta, aqueles em que você já viu uma lesma rondando. Uma dica: elas têm preferência pelos pontos mais úmidos e sombreados. No dia seguinte, logo pela manhã, vá correndo conferir. Você encontrará algumas delas sobre o chuchu, algumas vivas outras não. Retire todas elas com o uso de uma luva ou instrumento, coloque em uma lata de alumínio junto com alguns pedacinhos de jornal, coloque fogo e guarde as cinzas! Nunca pise em uma lesma, ao fazer isso você estará liberando muitos dos seus ovos na terra e só auxiliando na sua proliferação.

Faça esse procedimento todos os dias, até que você não encontre mais nenhuma pela manhã. Semanalmente junte água nas cinzas e pulverize na sua horta, o cheiro irá repelir a aproximação de novas lesmas. Repita o ciclo sempre que encontrar uma delas nas suas plantinhas, pois elas se reproduzem rapidamente.

É mais fácil ir na loja e comprar uma isca de metaldeído, o mais comum tratamento antilesmas? Sim, mas você corre o risco de contaminar seus animais de estimação e os alimentos da sua horta, pois o veneno acaba sendo absorvido pela terra e então pelas plantas.

A melhor parte de fazer o uso do biocontrole é que você acaba se aproximando da sua horta. Se você nunca utilizou nenhuma dessas ferramentas faça a experiência e vai perceber como sua relação com suas plantinhas vai mudar; ficamos mais sensíveis aos seus recados: sim, elas nos contam diariamente como estão, basta estarmos atentos!

Barbarah